terça-feira, 30 de agosto de 2011

Quem são as pessoas para dizer para te esquecer se nem elas sabem por vezes o que é isso, quem são elas para julgar ou comentar sentimentos que não sentem, e fazerem do verbo esquecer o verbo mais fácil de todos os tempos. Será assim tão difícil perceber que eu não quero desistir de ti? Que eu não quero larga-te por nada, mesmo que sofra, ou seja julgada aos olhos dos outros; para mim o verbo esquecer é sempre difícil de encarar, e quando se sente cá dentro as borboletas no estômago e ansiedade não podemos fazer nada. Por isso digam-me quem são vocês para julgarem coisas que parece que nunca sentiram antes? Quem são vocês para dizerem o que está certo ou errado na vida e no amor? Ele vai estar sempre comigo, mesmo que não seja em presença e não é por dizerem mais coisas ou menos coisas que isso vai mudar, e agora tenho dito. Podem até arrancar-me as palavras e os sorrisos, mas a dor e o sentimento permanece aqui, aqui dentro no peito!

2 comentários:

D&L disse...

percebo-te, em tempos também me diziam 'tu tens que esquece-lo' mas e se eu não quisesses esquecer e se quisesses continuar a esperar que tudo ficasse como deveria ser. naquela altura era assim que queria mas depois sinceramente cansei-me.
'Podem até arrancar-me as palavras e os sorrisos, mas a dor e o sentimento permanece aqui, aqui dentro no peito!'
não podias estar mais correcta nem ter dito melhor!
Lili

Suu disse...

fazia destas palavras as minhas, percebo-te tão bem querida!