quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Hoje de madrugada estou de partida para Portimão, acho que o tempo não está muito favorável por esses lados não é? Mas mesmo assim não faz mal, eu preciso de sair daqui, de arrancar as mágoas, preciso de sentir o novo sentido do vento e conhecer novos sabores, ver pessoas diferentes e não as mesmas de sempre. Quando voltar quero vir livre e com outras marés na cabeça, quero sentir outra vez o ar puro do meu Alentejo e sentir de novo o vento a bater-me na cara como se fosse uma chapada de uma luva branca. Guardei as cartas que te deitei num cofre, e essas não vão comigo de férias, pois vou ter tempo de as decifrar quando estiver de regresso de novo. Quando voltar quero ser a mesma, mas com sentidos diferentes! Peace.

5 comentários:

D&L disse...

tens razão o tempo não está mesmo nada favorável por aqui : \

D&L disse...

e ainda bem mas depois de tudo tenho medo :\

disse...

às vezes sabe muito bem sair da rotina, das mesmas pessoas e do mesmos sítios. espero que te encontres, um beijo
*

Jace disse...

adorei o teu blog e sigo (:

Anónimo disse...

pois é. há pessoas que são felizes a julgar os outros!
cátia lima
SILÊNCIO