quinta-feira, 15 de novembro de 2012

1837

Que a liberdade me consuma a cabeça e o coração, que me liberte das más energias e dos maus pensamentos que a toda a hora me tentam ofuscar o horizonte. Quero respirar o ar puro da manhã, e brilhar como o sol do amanhecer, quero ser quente, mas ao mesmo tempo fria, quero ser livre, quero voar, bem alto, até tocar o céu.

4 comentários:

Aurora disse...

Que isso aconteça <3

marta amaral* disse...

gostei muito! *-*

Luísa Abreu disse...

É tao bom podermos sentimo-nos assim, livres :)

Catarina. disse...

Oh liberdade, é a melhor sensação do mundo. Todos deviam aproveita-la um pouco mais. Adoro tanto ler os teus postes Mel !