terça-feira, 22 de maio de 2012

pois é

Eu tenho um coração, sou humana, não de ferro, e por vezes não sou assim tão forte quanto pareço, embora tenha sempre aspecto de durona e forte, a verdade é que por vezes dentro de quatro paredes e só, consigo perceber o quanto consigo sorrir para as pessoas e só depois chorar. Não me considero fraca, antes pelo contrário, apenas não sou de ferro, senão era chamada de super heroína! 

5 comentários:

sam disse...

ninguém é

Elena disse...

Oh querida, como me revejo nestas tuas palavras. Também já passei por isso, muito tempo até. No entanto decidi ser sincera não só com as outras pessoas mas também comigo que era a que mais sofria só de tentar esconder o que sentia.
Deves libertar-te do teu sofrimento junto de quem é mais importante para ti. Muitas vezes pensarás que eles não têm de "aturar" os teus problemas, mas acredita que vão sentir-se úteis para a tua felicidade e quanto a ti o fardo ficará mais leve e um dia o peso acabará por desaparecer totalmente.
Acima de tudo, muita força. Podes não ser de ferro, mas és uma super heroína na mesma.

Sara Martins disse...

tens de ter orgulho por ser assim (:

Anónimo disse...

amo o teu blog, muiiiito

patrice disse...

gostei e também sou exactamente assim