segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

we can not continue like this

E por mais que goste de ti sei que não posso deixar as coisas assim, não posso passar-te sempre a mão pela cabeça e dizer que está tudo bem, quando não está. Não posso deixar que isto vá mais além do que o que já foi, e por mais que custe dizer isto, prefiro dar tempo, prefiro afastar-me, pode ser que o tempo te faça perceber que eu sempre estive do teu lado, até mesmo quando as tuas atitudes eram frias, pode ser que o tempo nos junte de novo, no mesmo sitio, no mesmo lugar e à mesma hora, pode ser.

5 comentários:

elise disse...

lembraste-me de uma pessoa com este texto, chorei imenso mas fizeste-me perceber que tenho de fazer o mesmo em relação a essa pessoa.
adorei!

Sofia ☮ disse...

gostei :)

Sabrina disse...

uau! identifico-me com a tua situação... "o que estiver destinado, há-de acontecer" não te preocupes!

pête disse...

Identifiquei-me muito com este texto, e pelo muito que me custou a situação em que eu estava percebo perfeitamente as tuas palavras e o que estás a sentir. Mas tal como no teu texto o tempo faz perceber as coisas e agora está tudo a ajustar-se*
Há-de acontecer o mesmo contigo*

Ana Margarida disse...

Só o destino o dirá *