segunda-feira, 17 de outubro de 2011

nostalgia

Hoje a saudade invade-me, às vezes é triste dizer que sentimos saudades de algo que já não sente por nós, mas a saudade hoje invade-me por dentro e por fora, e é capaz de me tirar o sorriso quando aperta muito o meu peito, e quando me invade a alma sem saber se eu quero sentir saudade ou não. É difícil ter saudades de algo que talvez já nem sequer se lembre de quando começou a nossa história, ou quando e como acabou. Às vezes queria que tu sentisses a mesma saudade que eu sinto, todos os dias, e que te desse um aperto bem forte no peito, para perceberes a dor que carrego comigo todos os dias, e mesmo assim ainda consigo sorrir a todas as horas, e as todas as alturas que sei que o tenho de fazer.

7 comentários:

Patrícia disse...

Se calhar essa pessoa também sente saudade já pensaste? :)
adoro a música!

Patrícia disse...

do parecer ao ser :') por vezes quando vimos bem as coisas como elas são chegamos a outras conclusões..

inêsf. disse...

acredita que se a vida não tivesse os obstáculos que tem, nunca seria tão forte como sou. sei discutir e bem, não é bem discutir, é argumentar da melhor e mais eficaz maneira x)
mas eu e o meu amigo, andamos ás turras e depois fica tudo na paz e depois volta tudo e andamos assim.
foi só a rapariga em quem mais confiava que deixou escapar um dos meus maiores segredos num ataque de furia contra mim, e ontem quando sou, isso não caiu nada bem, mas já passou. não consigo não perdoar, sou assim. sei que não vou esquecer, mas também sei que ela não é má e não o fez para me lixar foi da boca pra fora só, ás vezes acontece, não devia, mas acontece e eu perdoei, porque ela, oh, ela é quase eu.

Patrícia disse...

oh.. ainda podias tentar acreditar que sim :') ou procurar ver se ele ainda as sente ! :D

Filipa disse...

Sentir saudade deve ser das melhores e das piores coisas do Mundo.
Todos desejamos o frio mas quando ele chegar acho que vamos pedir novamente o sol e o calor (:

inêsf. disse...

ás vezes é preciso fechar os olhos e deixar-mo-nos ir para o lado que a amizade nos levar .
sabes, és uma querida e eu adoro o teu blog e a paciencia que tens pra mim

maria sousa disse...

adorei, adorei!