sábado, 10 de setembro de 2011

A paz acho que se apoderou de novo de mim, gostava sempre de acordar de manhã e poder dizer que a paz me preenche todos os dias, mas não é verdade, tenho dias que o meu coração sangra sem parar e que parece que o peito se vai quebrar apenas com uma rajada de vento. Há dias que estou tão sensível que nem uma simples pena me pode tocar, não gosto de ser assim, mostrar a minha sensibilidade às pessoas, mas há dias que não dá para esconder nada do que estamos a sentir naquele momento. Mas hoje posso dizer que estou em paz, e que não preciso mais nada do que isso, só espero que até à noite dure esta paz na minha cabeça!!

5 comentários:

catherine disse...

sei bem qual é esse sentimento :')
sigo !

Joaninha disse...

Todos merecemos um pouco de paz de vez em quando...

Gabriela ♥ disse...

Adorei :)

Suu disse...

oh, podia ser eu a dizer isto. como te entendo *

Martinha disse...

AMEI o blog e os textos. Tentei seguir-te, mas não percebo o que se passa no meu blogger, não consigo. Bem, fica aqui a intenção e a minha opinião. Beijinho*