sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Não quero mais palavras bonitas, nem mais corações desfeitos, não quero mais ouvir falar de amor, nem sequer de histórias que falem sobre o que é essa palavra que tanto atormenta as pessoas e que as fazem sofrer. Não preciso de um homem para ser feliz, preciso de um homem que saiba como me fazer feliz, preciso de um homem, não de um miúdo, não preciso de alguém que me diga o quanto sou perfeita mas de alguém que tenha coragem para apontar o dedo aos meus defeitos, preciso de alguém que saiba dizer quais foram os meus erros e não de alguém que diga que isso passa, não preciso de alguém que me passe a mão pela cabeça e me diga que amanhã é outro dia, preciso de alguém que me meta a mão no ombro e diga que está a meu lado se o mundo me cair em cima, não preciso de alguém que me dê um abraço apenas quando estou mal, mas sim de alguém que me dê um abraço sem eu nada pedir e sem esse alguém querer nada em troca. É aí que tu entras, com as tuas sublimes palavras, já gostei de vários rapazes sim é verdade, mas depois de ti, os outros não passam mesmo disso, de outros.

1 comentário:

Mafalda disse...

«já gostei de vários rapazes sim é verdade, mas depois de ti, os outros não passam mesmo disso, de outros.» catrapumba, nem mais**