quarta-feira, 25 de maio de 2011

eu também tenho medo

Não sei mais que fazer, a cada dia que passa a minha cabeça fica mais confusa e o meu coração mais vazio e pequeno, a minha alma parece vaguear por aí como se fosse mais uma perdida. Não posso deixar mais que isto me consuma, não posso deixar mais que isto me deite abaixo e além disso não posso deixar mais que isto me perturbe a mim e à minha vida, ao meu caminho, seja ele certo ou errado. A verdade é que ultimamente o meu caminho parece sempre o errado e o que mais complexo, parece às vezes nem ter fim, e por vezes parece nem ter principio. Sei que por vezes pensas que eu não tenho medo, mas enganas-te eu tenho medo, de tudo o que possa vir a correr mal tanto para ti como para mim, não penses que sou forte, eu posso ser, mas não da maneira que tu pensas que sou.

5 comentários:

Mafalda disse...

Identifiquei-me muito*

um dia vai ficar como devia estar ! disse...

medo...quem não o tem?

Gabriela ♥ disse...

Lindo *.*

anaraquelvj disse...

Por vezes sentimo-nos assim, estupidamente tristes e fartas de tudo :x
Mas é nestas vezes que temos que arranjar forças, venham elas por onde vier, e enfrentar tudo com um sorriso :) e quando já não conseguires mais, escreve.. a mim faz-me muitissimo bem e penso que a ti também.* o teu post está lindo, força :)

leonnor algarvio ♥ disse...

adorei! :)