terça-feira, 1 de maio de 2012

I believe you, time

Os dias vão passando, vagarosos, cada vez mais tristes, mas eu tento erguer-me, devagar, levanto-me aos poucos e poucos, a queda foi brusca, e consegui sentir um vazio enorme dentro de mim. Sinto-me magoada e caída no meio do oceano frio, onde os meus ossos se congelam e onde consigo sentir os sentimentos cada vez mais congelados. Nunca pensei cair de novo assim, a verdade foi que cai, mas como tudo passa, eu quero acreditar nisso. O tempo parece que me abandonou, assim como tudo. Estou viva, de pé, mas não estou bem, mas espero um dia ficar, e poder sorrir de novo, verdadeiramente e sentir de novo o sabor do vento a bater-me na face, suave e sublime.

2 comentários:

Jace disse...

então, força querida*

Raquel Neves disse...

Tocaste-me mais uma vez e acho que nem preciso de dizer porquê. Força para as duas!