domingo, 15 de abril de 2012

I fear erodes

Escrevo, e cada vez me assusto mais com as palavras que me ocorrem na mente, quando vejo e revejo o que tenho escrito fico a cada passo mais assustada, com mais medo de tudo o que se está a passar, de tudo o que ainda se pode passar. O tempo, tempo tu que sempre foste tão meu amigo, será que desta vez também o vais ser, ou apenas vais levar contigo esta peça de puzzle não encaixada mais uma vez na minha cabeça, no meu coração. Pensei que fosse o encaixe perfeito e talvez o tivesse sido, eu sei. Cada linha que escrevo assusta-me ainda mais, não consigo passar para a escrita aquilo que vai dentro da minha cabeça, agora apenas o coração fala, apenas o coração tomou o poder. Porque é que ele tenta sempre virar as coisas, coração não te jogues agora, não ainda não é tempo suficiente, guarda-te de novo na caixa, para não te magoares outra vez.

2 comentários:

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

convido-te a participar no concurso que está a decorrer no meu blog (:

Anniee. disse...

adorei !