segunda-feira, 23 de abril de 2012

can not be explained

E tento escrever aqui um pouco do que estou a sentir, mas depois apercebo-me que não se transmite apenas por palavras, não se transmite apenas por isto. Sinto-me bem, bem e livre, confesso que por vezes tenho saudades de te ver, mas mantenho-me calada, até que tu venhas até mim. Há quem diga que não haja coincidências, mas na verdade é que elas existem mesmo, e por vezes da melhor forma possível. Não sei se o meu sorriso, ou o simples brilhar dos meus olhos revelam que talvez esteja a apaixonar-me, eu não sei se é isso, mas sei que me sinto bem contigo, e que me fazes sorrir apenas só por sorrires de novo. Porque há coisas que não se explicam, apenas se sentem. 

11 comentários:

Cinda disse...

Como eu te percebo..- lindo!

nicolemorais disse...

adorei:)

claire disse...

muito brigada:)) que bonito

ana disse...

nem mais :) adorei*

Cinda disse...

A sério querida, obrigada eu (:

Katty disse...

É mesmo assim muitas coisas são quase impossíveis de transmitir, sentem-se ;)

Ana Rita disse...

a maneira mais pura e sincera de mostrar o que sentimos, e apenas sentir. se tentarmos arranjar maneiras para mostrar esse sentimento destroimos esse sentimento. nao ha nada melhor que apenas sentir *
(sigo)

Anniee. disse...

obrigada *.*
adorei o texto.

patrice disse...

pois, eu não tenho a navbar, mas se fores até ao teu painel do blogger, onde estão os novos posts das pessoas que segues, tem um botão a dizer Adicionar. basta clicares lá e colar o meu url e ficas a seguir-me :)

Ana Rita disse...

é mesmo fofinha *

Jace disse...

gosto muito querida! c: