quarta-feira, 28 de março de 2012

there are pains that are forever

Sei que não se pode perder aquilo que nunca se teve, mas eu sinto que te perdi mesmo antes do começo, agora percebo o quanto é ainda mais irónico. Fizeste-me sorrir, e talvez me tenhas confortado como nunca nenhum dos outros o fez, fizeste-me perceber que nem todos os homens são iguais, e que as excepções ainda existem, foi por causa de ti que o meu sorriso se tornou maior e o meu pensamento melhor, que afinal ainda existem coisas boas, mas agora revejo-me de novo sozinha, perdida, e como não sei falar, escrevo, porque a escrever sei que ainda me consigo libertar, nem que seja por um bocado, mas enquanto isso vou-me afogando, afogando no que podia ter acontecido e não aconteceu.

5 comentários:

mariana disse...

já sinto o mesmo princesa. se desta vez não resultou, é porque te espera algo melhor*

Ivy disse...

bom texto. força <3

Ivy disse...

obrigada love <3

mariana disse...

Nao devias amor. nao devias mesmo... eu tambem tinha deixado de acreditar, mas a vida mostrou-me que isso tem o seu valor!

Ana Margarida disse...

Aconteceu quase o mesmo comigo. E sabes, se não foi desta vez, é porque virá ainda outra. Sê forte!