quarta-feira, 14 de março de 2012

let in

E passou a mágoa, a verdade é que nada dura para sempre, o dia de hoje está passado, a saudade não passou disso mesmo, de saudade, e de boas memórias que na verdade vão sempre permanecer na minha mente, mas porque foram boas e duradouras. Agora deixo o meu coração liberto e livre para sentir, para deixar entrar, sem medos, sem rancores, sem nada, apenas vou sentido aos poucos e poucos devagarinho e assim vai acontecendo. 

2 comentários:

Gonçasonblog disse...

«para deixar entrar, sem medos, sem rancores, sem nada,», está bonito

ana minhalma disse...

o teu blog é muito fofo e adoro os teus textos. estou a seguir :3