domingo, 18 de março de 2012

former love, new friend

Era sábado à noite, e pouco passava das três da manhã, eu tentava dançar ao ritmo da música com um copo na mão, estava na parte de cima, ao pé de um amigo dele, a verdade é que não sabia como iria reagir ao vê-lo, mas também não me preocupava muito, continuei a deixar fluir a música no meu corpo; e de repente, vejo alguém subir as escadas, eras tu, deste-me a mão e disseste então mana, eu deixei-me rir, com um sorriso sincero, como se falasse, o teu amigo olhou para nós e riu-se, e eu continuei na minha, porque há coisas que são muito melhor assim. Adoro-te previsível, estou muito orgulhosa de ti.

8 comentários:

claire disse...

obrigada querida:)) adorei

nicolemorais disse...

que lindo :D

marie disse...

Por vezes um sorriso vale mais do que mim palavras. :)

R. disse...

é verdade princesa, mesmo que não queira, sou fascinada por isso!

Raquel disse...

Um dia todos ou quase todos nos tornamos corajosos. adorei*

ana mendes disse...

adoro!

Cinda disse...

Que texto lindo (:

O Profeta disse...

O meu pranto escondeu as sílabas de uma palavra
O meu céu não precisa de Sol para ser azul
A minha emoção transbordou nesta clara manhã
Tal como as incontidas águas que correm para sul

Este Inverno que o meu querer instaurou
Tem o rosto coberto por densa bruma
Tem a força de todas as marés esta emoção
Que devolvi hoje à espuma

Doce beijo