quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

five

E quando a saudade aperta, as lágrimas caiem pelo rosto.

3 comentários:

Paula Ribeiro disse...

acontece(quase)sempre

cláudia disse...

indeed*

Fernando Gonçalves disse...

Olá, parabéns pelo seu blog.
Te convido a conhecer o meu,
http://carmasepalavras.blogspot.com/

;)