quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

os sentimentos traem-nos

Deitaste no meu colo, fechaste os olhos e eu com a minha mão macia, percorro a tua face, olhei para ti e esbocei um sorriso, passei muito tempo assim, estava-me a sentir bem, até que um turbilhão de coisas me vieram à cabeça, abriste um pouco dos teus olhos para veres se eu ainda permaneci igual, fingiste que nem sequer tinhas reparado que eu estava perfeitamente idiota a sorrir e a olhar para ti, parecia estática, depois disso comecei a pensar que não poderíamos continuar a alimentar sentimentos que talvez não nos pertencem, ou nunca pertenceram. Passaram-se um bons minutos e eu continuava igual, e tu deixavas-te ir, deixaste-me ficar a fazer-te festinhas na cara, apenas para veres o meu esboço sorriso. Estes momentos deixam-me saudades, e quando me lembro deles apertam-me o peito com tanta força que só me apetece voltar.

3 comentários:

Susan disse...

de nada doce *

Margarida* disse...

está lindo +.+

Jace disse...

também já me disseram algumas vezes que eu fazia lembrar alguém mas nunca se lembram :s oh és nada ridícula ;)
És tu e eu, identifico-me bastante com ela.