sábado, 10 de dezembro de 2011

então vem

Então vem, vem fazer com que tudo dê certo, faz com que eu acredite de novo em nós, faz com que eu ainda tenha esperança que há algo verdadeiro que nos tem ligado um ao outro durante este tempo todo. Vem, dá-me um beijo e um abraço como me davas e diz que já mais vais voltar a partir, diz de novo que tens saudades nossas e dos nossos momentos, diz que tens saudades das nossas conversas insignificantes. Ou então diz que não tens saudades e mete um fim nisto, dá um murro na mesa e quebra tudo o que até hoje me fez sentir bem. Mas volta, volta ao menos para quebrares o silêncio frio que há entre nós, porque esse é apenas o único que insiste em ligar-nos, o silêncio.

9 comentários:

words. disse...

o que me leva as vezes a querer desistir, odeio sentir-me mal ... e hoje é um desses dias.

Katty disse...

E falares tu? Não pode ser uma opção?

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

maior que a dor de um adeus definitivo, é a dor da incerteza de um talvez.

wendy disse...

lindo,

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

aconselho-te a saber a certeza, para assim, dares rumo à tua vida*

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

e ele não te diz nada querida?

AnaP. disse...

recebi ao bocado uma mensagem, e sabes como me senti? pior, muito pior! apesar de ter noticias, não me serviu de consolo, não me serviu de nada... e sinto-me cada vez mais no fundo.

Aurora disse...

que bom saber que concordas tão bem comigo. és linda<3

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

se é assim, não achas melhor seguires com a tua vida?