terça-feira, 27 de dezembro de 2011

dói

Uma chapada. Um abanão. Um pontapé. Uma palavra fria. Um murro no estômago. Um murro. Um murro na barriga. Um murro na cara. Uma mordidela. Uma cabeçada. Bater com a cabeça na parede. Bater com a cabeça na porta. E entre diversas coisas doem não é? Então imagina eu dar-te um selo na testa, e anular isto que há entre nós. Vai doer, que eu sei. Mas calma, estava só a testar a tua capacidade de reacção, além disso sabes que sou forte, e a minha maior arma são as palavras.

3 comentários:

Leonor disse...

é o que me apetece fazer a uma pessoa -.-

Hapi disse...

Também xD

Bárbara Cunha disse...

Muito eu xD