sexta-feira, 4 de novembro de 2011

my description

Era fria, coração congelado, mãos quentes e palavras suaves, ela sabia exactamente como dizer tudo e como fazer tudo para não pôr ninguém em causa, embora por vezes aquele seu feitio arrebatador, fizesse com que ela perde-se tudo em segundos. Não discutia, argumentava, e cada vez que ela abrira a boca, saía uma verdade, muitos não a enfrentavam por isso, não por medo, mas por saberem que ela às vezes não tinha mãos a medir quando tocavam em pontos que ela não gostava, por vezes chegava a magoar os que mais gostava, mas não porque quisesse, não por maldade, antes pelo o contrário, ela apenas só o fazia porque queria que eles vissem a verdade que estava diante dos olhos. Não era fraca e não se deixava pisar por ninguém, eu, admirava-a, eu admirava aquele cabelo loiro que quando lhe batia o sol ele brilhava todo, já para não falar naqueles olhos cor de mel que qualquer um que os olhasse se derretia todo, cativava qualquer um apenas por dizer um bom dia, com a sua voz doce. Ela, sabia exactamente os pontos fracos de cada um, parecia tirada de um conto de fadas, parecia mágica, e eu todos os dias a via passar, no ar ficava o aroma do seu perfume tão doce quanto ela. Ela é linda, e apesar de dizerem que é a rapariga sem coração, ela tem um, maior que muitos, só que apenas, no dela, cabe tudo lá dentro.

12 comentários:

inêsf. disse...

podes crer e eu bem que me lixei !

Hapi disse...

que bonita rapariga!

inêsf. disse...

não devia ..

wendy disse...

tão fofo o:

wendy disse...

sigo c:

Hapi disse...

Sim, eu sei (li o titulo).
E continuo a dizer: que bonita rapariga!

words. disse...

adorava conhecer essa rapariga!
obrigado, é uma frase bastante verdadeira.

Ana Margarida disse...

ADORO!

wendy disse...

obrigada eu ^^

words. disse...

então quero-te conhecer :)

pête disse...

"só que apenas, no dela, cabe tudo lá dentro." adorei mesmo :)

ana cristina disse...

que lindo! está lindo, mesmo!