quarta-feira, 14 de setembro de 2011

hey

Olá bebe, sei que continuas afastado de mim e de nós, mas não posso deixar de escrever para ti quando ainda acredito que há algo que nos une. Amanhã começo as aulas, sei que já deves saber disso. Não sei se tens perguntado por mim ou não, o que é certo é que ainda não me chegou nada aos ouvidos. O coração fala mais alto e é por isso que eu continuo a escrever para ti. A minha alma preenche-se de alegria apenas de te ver, e tu sabes que nunca demonstrei grandes coisas à cerca do que sinto por ti. Não sou lamechas e odeio que estejam sempre a dar-me carinhos ou a agarrarem-me. Hoje à noite queria que me escrevesses, que me mandasses uma mensagem, mas mesmo sem isso, eu consigo suportar as coisas, as tuas e as minhas. Adoro-te

2 comentários:

maria gabriella disse...

está lindo. eu também não sou muito de demonstrar os sentimentos :)

D&L disse...

é, ele sabe muito bem o que diz!
Lili