segunda-feira, 4 de julho de 2011

querer sem te poder tocar

Deixaste-me aqui de novo, perdida, fugiste-me com as respostas e desta vez também com as perguntas, por mais que queira tentar manter a calma e sentir-me bem e equilibrada com este teu "vai e vem" não consigo, não consigo porque estou farta que tudo na minha vida seja assim, a meio gás. E que tudo o que parece do nada, se vá embora também assim, como se nada fosse, como se fosse areia que me escapa entre os dedos e eu não consigo fazer nada para a manter. Já fiz de tudo ou quase tudo para nos manter-mos planos às ondas do mar que nos vão desgastando, que vão levando a cada dia um pouco do nós que construímos, leva um pouco de ti, e contigo leva também um pouco de mim. Qual será o prazer de andares aí com o vento a bater-te no rosto, sem saberes o que queres e que destino pretendes, não gosto de meias coisas, e costuma saber que tu és assim, uma meia metade que ainda não está construída o suficiente dentro de mim, mas que eu tenho tanto medo de perder.

19 comentários:

abc disse...

Conseguem sempre estragar tudo!

mary ronnie disse...

sim, sou ruiva :)
eu também ando quase sempre igual, é a rotina :p

anne wood disse...

gostei imenso do teu blog ;)
obrigada pelo comentário.
é também a minha música preferida de sempre*

anne wood disse...

eu mesma a inventei :)

Patrícia disse...

a ti e a mim ! :x
quanto ao que escreveste ... sinto quase o mesmo, como se o mar esteja concentrado em desgastar-me o que me leva a crer que as pessoas que mais gosto vão me deixar aos poucos. Enfim, gostei

Catarina disse...

Sabes, eu acho que por mim , agora a próxima a desaparecer vou ser eu. Porque eu não aguento isto, já sofri bastante acho que tenho de seguir em frente. Vai custar vai doer mas vou fazer um esforço.

anne wood disse...

ainda bem que o achas, obrigada ;D

Patrícia disse...

pois de facto não é .. mas já perdi demasiado tempo com quem não devia e prometi-me que não iria tornar a fazê-lo fosse com quem fosse :s

Catarina disse...

Acho que as vezes , é o melhor desistir depois de tudo e guardar memorias .

Patrícia disse...

é isso mesmo querida :)
muito obrigada *

mary ronnie disse...

sou sim :)
a minha vida tem sido de mau para péssimo.

mary ronnie disse...

é impressão minha ou anda tudo tristonho por estes lados? :c

Catarina disse...

Falas-te muito agora querida :)

Ana Margarida disse...

Força, querida! :)

mary ronnie disse...

queres falar sobre isso?

Catarina disse...

Obrigado eu * Foi bom falar ctg ! Beijinho

mary ronnie disse...

é mais desamores, não tenho sorte nenhuma.

mary ronnie disse...

é a verdade.

mary ronnie disse...

eu sinto que preciso de alguém para me levantar.