segunda-feira, 6 de junho de 2011

aiiii

Andas por aí numa inquietação imensa sem eu saber o que se passa, e quando eu descubro, não vais tu, com o teu feitio complicado a mudar todas as voltas, para eu de novo ter algo que te ligue a ti, mudas todas as respostas e todas as perguntas, e sabes que tudo o que acho difícil, gosto de explorar ainda mais, e deve ser por isso que o teu feitio torna-se ainda mais complicado a cada segundo, só para me teres por perto, sem dizeres uma palavra, afinal não sei por que o fazes, mas essa tua inquietação às vezes complica-me o sistema!