domingo, 1 de maio de 2011

é um até já

-Desculpa, tenho de ir!
-Espera. E quando eu me sentir fraca por não estares ao meu lado? E quando eu não te tiver do meu lado para me levantares?
-Não te preocupes, eu estarei atento a qualquer das tuas quedas, e darei-te a minha mão para te ajudar, apesar de saber que o consegues sozinha.




Palavras não bastam.

5 comentários:

Mafalda disse...

Que lindo:|
Mas e verdade, palavras não bastam. Mas não e de certo modo confortante saber que temos alguém a olhar para nos? Mesmo que sejam só palavras?

Mafalda disse...

As vezes nem tomam. Abandonam o local, vão dar uma volta, sozinhos ou acompanhados, e "voltam a voltar" passado tanto tempo. Como se nunca tivessem decidido. Continuassem na mesma.

Mafalda disse...

Nao e bem assim o que? Não estará a olhar por ti?

Mafalda disse...

De certa forma e tudo a tua volta. Mas se calhar em jeito mais "controlador" :| o que não e necessariamente bom.

carina, disse...

obrigada tmbm :') beijinho