domingo, 22 de maio de 2011

As palavras estão gastas, entre nós não existe mais nada, a não ser mágoa, dor e distância, a verdade é que gastámos as palavras a partir do momento que gritamos os dois um com o outro. Não posso deixar de pensar em ti, e gostava de saber se tu ainda pensas em mim, ou se ainda te lembras dos momentos que passámos juntos, de todas as gargalhadas e brincadeiras, de todas as mensagens e de todas as palavras, certamente não pensas tanto em mim como eu penso em ti. Gostava de te poder tocar e falar uma última vez contigo, mas não consigo, não quero e nem posso, gastamos as palavras todas e com o passar do tempo vamos gastar o sentimento e o carinho. Quando deito a cabeça na minha almofada fecho os olhos e penso em ti, e quase que consigo atingir o teu cheiro, aquele a que já estava tão habituada e que permaneceu em mim durante muito tempo. Não quero pensar no "e se" mas na verdade é que às vezes penso, se as coisas tivessem sido de outra maneira talvez ainda tivéssemos juntos, agora sei que não haverá esperança, mas sabes que me prometeste um reencontro novo, mais puro, verdadeiro e melhor, a verdade é que a minha esperança desse reencontro está a morrer a cada dia que passa, e eu só consigo pensar em querer esquecer-te, mas depois para todos os lugares que olhe parece que te vejo e imagino em todo lado. Não queria que tivéssemos uma despedida, porque afinal sempre soubeste que não era isto que queria para nós, mas a vida troca-nos as voltas de uma maneira que nem sabemos para que lado nos virar-mos. Sei que daqui a um tempo se falar-mos sobre isto, eu apesar de estar de pé atrás e magoada contigo, vou querer-te ter sempre do meu lado, mas torna-se complicado sabes? Torna-se complicado viver na esperança que tu um dia irás voltar, e ninguém tem a certeza de nada, porque só o tempo poderá escolher se tu voltas ou não, se tu partes para sempre, ou vais voltar para trás e perceberes que o teu lugar é aqui, comigo!

2 comentários:

Mafalda disse...

Lindo*

A Menina da Rua Himmel disse...

Concordo com a Mafalda, muito lindo e verdadeiro.
:o)