segunda-feira, 13 de agosto de 2012

E quando as palavras se esgotam, o sentimento tende em sair de nós com mais força, ou então a gritar bem alto por dentro do nosso corpo que temos de deixar ir embora aquilo que nos faz mal. Mas eu continuo a gostar de ti, mas não dou, nem vou dar, um passo até ti.

5 comentários:

Cláudia Ribeiro. disse...

adorei *

Raquel Neves disse...

Tal e qual.

Emilie Lorena disse...

Quando gostamos de alguém sentimos com tanta força que nos sentimos abalroados pelos sentimentos. Devemos manter os pés bem assentes na terra para sabermos em que sentido devemos caminhar, se para junto da pessoa, se para longe. Boa sorte nessa tua procura. Muita força!

TDelMona disse...

oh, que texto tão lindo o:

Gonçasonblog disse...

Orgulho, é o que se respira neste texto.