quinta-feira, 14 de junho de 2012

wanted to stop in time

Quero aproveitar tudo como se fosse a última vez, mas cada vez mais se me escapa das mãos as coisas que mais importam, como a areia da praia assim vai com a maré. Há muita coisa que ficou por explicar, por dizer, e os nossos corações feridos começaram por se magoar cada vez mais, o silêncio começou a reinar nos nossos dias, tornando-se uma rotina, a verdade é que nos temos de habituar, para depois não estranhar-mos quando estiver-mos longe, a falta das palavras um do outro.

8 comentários:

claire disse...

oh anda muito parado,mas é tempo de exames,deve ser por isso

Marta ☮ disse...

pois é!

sam disse...

espero que nao demore

Catarina. disse...

Às vezes, é melhor assim. Mas outras é melhor falar, ir atrás, para que se ver a melhor maneira . :)

Mariana disse...

entendo bem o que aqui dizes, e fiquei com um aperto só de ler. afinal de contas, também estou a fazer o mesmo que tu s:*

catarina disse...

escreves realmente bem querida, sigo *-*

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

adooooooooro!

Ana disse...

Olá! :) Não tenho blog, mas preciso imenso da tua ajuda pelo simples facto de ter imensos ciúmes e andar num pleno dilema!
E qual é o meu dilema? Bem, o meu namorado vai passar o S. João no Porto com amigos (inclui amigas grrrrr, que bem, conheço-os a todos) pela primeira vez. O facto de só chegar a casa de manhã, devido a ter transporte apenas de manhã atormenta-me um bocado, tal como o facto de beber, sim porque no S. João, é andar de bar em bar e beber!
Apesar de ele não beber muito, com os amigos todos é o que se sabe...
Não consigo meter isto na cabeça, não consigo!
Apesar de tudo, sei que é uma coisa que ele quer muito, pois ao fim de ele acabar o duro 12ºano como ele diz 'queria-me divertir pela primeira vez' (p.s.: ele não foi a viagem nem a baile de finalistas).
Help meeeeee*