terça-feira, 5 de junho de 2012

31

Sentimentos puros, saudades absurdas, corações a palpitar, mas mentes ocas.

5 comentários:

TDelMona disse...

tão verdade meu doce :s

sara oliveira disse...

é sempre assim, o amor consegue ser a coisa mais bela e ao mesmo tempo a mais estúpida de todas.

Ana Margarida disse...

Oh é que mais há cá.

R. disse...

oh, está irreconhecível :s

Mariana disse...

com o novo blogger só consigo seguir quem tem caixa de seguidores no blog..