quarta-feira, 30 de maio de 2012

love is sometimes complicated

Enquanto o teu amor não for o suficiente para poder curar as marcas deixadas outrora por corações despedaçados e palavras amargas, eu deixo o tempo passar por nós, que nos dê uma grande chapada de luva branca no nosso rosto e nos faça perceber que a saudade fere, mas não mata.

5 comentários:

Raquel Neves disse...

Olha sabes?! É mesmo isto. (Outra vez)

sam disse...

aqui te espero

Ana Margarida disse...

Cada vez me encantas mais com essas tuas puras palavras.

ana mendes disse...

adoro!

Gonçasonblog disse...

Estamos sempre à espera dessa lufada de ar fresco que nos faça esquecer o que mais nos fere. Abraço