domingo, 8 de abril de 2012

oh no

Sei que não sou nada fácil de lidar, e sei que também cometo erros e digo coisas que por vezes machucam, sou sincera, e gosto que o sejam comigo. Estava num beco sem saída, e talvez tenha dado muito de mim a quem nem nunca deu um passo por mim, depois descobri-te a ti, e entre brincadeiras tu tornaste-te o que te tornaste hoje. Não sei explicar o que aconteceu, essa é a verdade, não sei como posso ter medo de perder alguém que nunca tive, é ridículo, e se tu achas estranho, imagina eu; só sei que só penso em ti e que em todos os momentos possíveis tenho vontade de cuidar de ti, talvez tenha sido apressada demais e tenha feito com que as coisas se complicassem, devia ter dado tempo ao tempo, eu sei, mas agora já está feito e sei que por mais coisas que diga não posso voltar atrás. Só sei que o que está a acontecer comigo agora, nunca tinha acontecido, nunca me tinha apaixonado apenas por um olhar, ou pelo sorriso, nunca me tinha apaixonado assim, só por tu dizeres palavras bonitas. Desde do inicio que sabia que eras diferente, e que não eras igual a nenhum dos outros, que te preocupavas demasiado em magoar alguém, cativaste-me desde do primeiro dia, e desde do primeiro dia que fizeste a diferença. A verdade é que também tenho de compreender a tua parte, assim como tu disseste que ias compreender a minha, mas acho que isso não está a acontecer, acho que é hora de te deixar ir mesmo antes de te teres tornado mais, eu queria que te tornasses mais, mas não posso também obrigar-te. Tu nem sequer imaginas que eu penso em ti todos os dias e que uma mensagem tua me deixa feliz, tu nem sequer imaginas que o meu coração bate forte quando passo à tua casa, tu nem sequer imaginas o que eu sinto, e eu nem sequer imaginava que um dia poderia vir a escrever para ti. Não sei porque entraste na minha vida, com toda a certeza que não entraste por acaso, eu queria esperar por ti, mas torna-se difícil, mas eu prometo que vou ser paciente. 

2 comentários:

Ana Margarida disse...

Tens de ser paciente, minha querida. Todos nós estamos a precisar de o ser. Espero que corra tudo bem!

Mariana disse...

Adooooooooooro !!