domingo, 8 de abril de 2012

moon magic

E mais uma vez a lua é a minha companhia nesta noite fria. Reparei à pouco quando fui fumar à janela que ela hoje brilha intensamente, e eu aproveito para a ver brilhar e para conversar com ela; gosto de olhar, e tornar a olhar para ela e ver que brilha sempre da mesma maneira e que ainda assim ilumina a escuridão. E agora lá corro eu outra vez para a janela, para ver o fumo dissipar por entre a escuridão, e para poder bater uma conversada com a lua, me aguarda, minha fiel companheira.

1 comentário:

Ana Margarida disse...

Por vezes, é a única que sabe ouvir uma longa conversa.