quinta-feira, 12 de abril de 2012

I do not know what is happening, but I like

O meu coração vai-se acalmando a cada hora que passa, estou a morrer de sono, mas apetecia-me escrever, apetecia-me escrever para ti, para nós. Sinto-me bem só por receber uma mensagem com o teu nome no meu telemóvel, gosto de saber que estás bem, e que não vais esquecer que eu estou aqui deste lado. Gostava de voltar a ver-te, a verdade é que não temos o hábito de nos cruzar-mos muito, ou quase nada, a não ser quando eu vou à janela fumar e te vejo passar, de carro, mas confesso que apenas isso me conforta. Hoje passei à tua casa, quase nem coragem tive para olhar, comecei a sentir-me nervosa, e o coração começou a andar mais depressa, tal como eu, que subi a rua muito rapidamente e enfiei-me em casa, mas eu gosto de me sentir assim, porque só de pensar no teu sorriso e nos teus olhos lindos, já me faz sentir verdadeiramente feliz.

7 comentários:

sam disse...

manda-me então fofinha, que eu não aceito o comentário.

Katty disse...

No amor bastam esses pormenores para nos deixarem "abananadas".

Ana Margarida disse...

Oh, que doçura!

wendy disse...

fazes muito bem e gostei do texto (: é bom amar (:

inês disse...

ele namora, não posso fazer nada...

jo disse...

e amor é isto mesmo

Anniee. disse...

é bom saber que estás feliz :)