domingo, 12 de fevereiro de 2012

and I'm losing me

E eu perco-me todas as vezes que me cruzo contigo, todas as vezes que me revejo em ti, todas as vezes que tu me procuras, sem eu saber porque me procuras, se dizes que não sentes nada, o que é certo é que isto já se começa a tornar num ciclo estúpido que se meteu à nossa volta; quando um pára o outro avança, e assim vice-versa, acho que nós perdemos muito tempo a fugir do medo, do que pode correr mal, e eu perco-me, perco-me todas as vezes que o meu coração chama por ti.

14 comentários:

beatrizm. disse...

não te percas, enfrenta-o *

ana disse...

está lindo :$
mas que se passa para estares também?

ana mendes disse...

acredita, enquadro-me muito nela!

ana disse...

porque tudo te revolta? :c
uma pessoa querida.

ana mendes disse...

e o pior é achar que essa pessoa não sente a nossa falta :s

ana disse...

é verdade. fico impossível quando estou assim.

ana mendes disse...

espero que tenhas razão, ás vezes é bom sentirem nossa falta.

Blair disse...

adorei, força

ana mendes disse...

mesmo!

beatrizm. disse...

também a mim!... ai!

Raquel Neves (Hapi) disse...

Então cheguei hoje de manhã para trabalhar, a minha patroa nem bom dia nem nada começa logo a falar-me como se fosse um filho dela (sim porque ela os trata mal) e eu vim-me embora :) Isto porque já estava cheia da porcaria daquele sítio e da merda de gente que eles são!

sara oliveira disse...

sei tão bem o que escreves e sentes... passei pelo mesmo, e não sei se era o que gostarias de ler mas, por experiência própria digo, que um amor predestinado a viver não foge com medo nem se encobre em mil desculpas... por isso vai, avança! se não der, pelo menos tentaste.

mb ♥ disse...

não és a única de certeza.. infelizmente isso acontece com muita gente.

Raquel Neves (Hapi) disse...

Olham eram pessoas porcas mesmo. Falta de higiene, só palavrões... mal educados mesmo. Eu nunca vi igual. E bem que aguentei porque precisava e preciso do dinheiro mas não deu mais. Quando me tratam mal passo-me logo!