quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

I get lost

E perco-me entre os abraços apertados e os beijos longiquos que agora são absorvidos pela saudade a qualquer momento, tenho dias que me perco em ti, como se a minha alma vivesse sempre num entre cá e lá, ou como se tivesse sempre à espera de te ver. Posso continuar no meu silêncio continuo e por vezes parecendo infinito para ti, mas o que tu não sabes é que eu todos os dias, me perco em ti, em ti e no teu sorriso verdadeiro, e puro.

7 comentários:

Aurora disse...

oh, que bom saber isso doce<3

pête disse...

Pois, tal como eu disse,o tempo é crucial neste tipo de coisas :s
Tens é de pensar no que é o melhor para ti e não habituar-te à forma de como ele procede com determinados assuntos.
Porque eu nunca fui capaz de fazer o que eu sabia que era o certo, fiz sempre o que achei que era melhor para ficarmos juntos

Hapi disse...

É verdade, obrigada anjo!
Isto está tão bonito... como sempre.

Katty disse...

Ele está é a desperdiçar tempo, tempo em que iria com certeza sorrir mais se se deixasse levar.

sam disse...

lindo, lindo!

ana disse...

sim, até é (:

sónia disse...

obrigada, minha querida. :)