sábado, 7 de janeiro de 2012

flashback instantâneo

E as palavras que saem da minha boca voltaram a fazer sentido, voltei a encontrar-me e a fazer com que de novo conhecessem a minha verdadeira essência, a minha dura personalidade, embora ainda tenha medo de confiar em todas as pessoas que me rodeiam e que vão parecendo na minha vida, mas acho que isso ainda me pode passar ao lado, porque sei quem são os verdadeiros e sempre soube. Agora, já nada, ou quase nada me consegue magoar, levantei-me do chão, aquele em que estive caída durante tanto tempo, levantei-me ainda mais forte, e permaneço nele de pé e bem erguida, estou orgulhosa; só espero continuar assim, e que nada depois disto me deite abaixo, porque o meu escudo passou a ser a frieza, frieza essa que já transportava desde do dia em que ele me deixou, desde do dia que traíram a minha confiança, mas depois apareceste tu, que fizeste-me ver que nem todas as pessoas são iguais, que nem todas nos pisam duas ou três vezes sem pedir desculpa sequer, conseguiste-me arrancar um sorriso verdadeiro, e só de saber que apareceste assim, já me deixa feliz, e com o olhos iluminados e cheios de brilho, sinto-o puro e verdadeiro, como sempre.

6 comentários:

- Susana . disse...

ouhhh lindo :$
está lindo , tens mesmo jeito para escrever *-*

ana patrícia disse...

é, tens razão naquilo que dizes..
esta foi mesmo a pior de todas para mim também xD

Aurora disse...

disseste-me tudo e oh o quanto dói não é? loveyou

Aurora disse...

disseste-me tudo e oh o quanto nos dói não é? loveyou

Aurora disse...

oh que linda. é amor sim<3

Sofia Moreira disse...

adorei :)