quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

há coisas que não mudam, e AINDA BEM!!

Lembraste quando me perguntaste se gostava de ti complicado? Eu simplesmente disse que sim, mas eu gosto mais do que isso, eu gosto de ti de todas as maneiras e feitios, até mesmo todo despenteado assim que acordas, até com o teu mau feitio, até quando me irritas e logo a seguir me fazes rir, porque só tu tens aquela maneira de me surpreender, só tu sabes decifrar as minhas palavras mesmo eu estando calada. Era engraçado como só numa troca de olhares percebíamos o que queríamos dizer um ao outro e daí geravam-se risos profundos e por vezes assustadores de não conseguir-mos parar. Como é bom olhar para trás e rever todos os momentos que vivi contigo, todas as horas passadas a falar-mos de coisas que nem sequer sentido tinham. Adorava quando ficava com cara de assustada e preocupada e tu apenas dizias que estava tudo bem e que não havia problema, que coisas assim acontecem, que são coisas banais do dia a dia. Lembraste do nosso primeiro beijo? Eu parecia estática, e ainda hoje me interrogo a mim própria como fui capaz de te dizer que estava nervosa, e tu para piorares a situação, agarraste-me e deste-me um beijo, éramos tão anormais juntos, tão diferentes, mas no fundo éramos tão iguais. Eu um furacão em pessoa, andava sempre de um lado para o outro, e complicava tudo, onde nem sequer tinha complicação, e tu a paz de alma, que conseguia sempre ter uma solução para tudo, uma frase certa, e que sabia sempre o que dizer para o meu dia correr melhor. Por mais anos, meses e dias que passem, por mais pessoas que passem por mim e me perguntarem quem foi a pessoa que me mudou mais, que me fez ver a vida de todas as maneiras até de pernas para o ar, eu vou dizer que foste tu, sem dúvida alguma, e vou dizer que se tivesse de fazer tudo outra vez, eu faria, porque era contigo, e porque nós os dois juntos, éramos um só. Nunca te esqueças que a alguns quilómetros de ti estou aqui eu, eu que me calo quando sinto, que ignoro quando tu insistes em falar na palavra gostar, mas que no fundo gosta tanto de ti. Senão tiver oportunidade de te dar um beijinho de bom natal, lembra-te que desde de Março que sou apaixonada, pelo teu sorriso, previsível.

6 comentários:

L ♥ disse...

completamente lindoo! adorei :)

Joana Sá disse...

Adorei, lindo mesmo :) *

cats disse...

de nada :)

AnaP. disse...

vais ver que o natal vai-te trazer boas prendas! :)

AnaP. disse...

e quando ao aparelho, eu não o quero usar :(

Hapi disse...

Está lindo. Vieram-me as lágrimas aos olhos. Não tenho palavras para dizer o quanto amei ler isto!