terça-feira, 29 de novembro de 2011

i promisse

E a tua sombra continua e insiste em perseguir-me todos os dias da minha vida, desde que me levanto até me deito. Ainda consigo sentir os teus lábios doces nos meus, e as tuas mãos macias na minha face como se fossem duas penas, consigo sentir o teu abraço quando fecho os olhos, e consigo imaginar-te à minha frente como se me tivesses a dizer algo em segredo, o teu sorriso ilumina os meus sonhos, assim como os meus dias, a verdade é que não posso continuar de olhos apenas para te sentir, ou para te sentir mais real, tens-me torturado, e eu já não aguento a nossa tortura, dá-me a mão, eu prometo não soltá-la. 

3 comentários:

D&L disse...

ao menos ainda consegues sentir, recordar tudo isso :\
Lili

Patrícia disse...

Obrigada :)

Joana Sá disse...

Já somos duas chatas então :) ahah *