terça-feira, 12 de abril de 2011

confusa

Às vezes mais vale deixar passar as coisas, e nem sequer gostarmos de algo por antecipação, por antecipação, virá sofrimento e gostar vira angústia. Por isso mais vale só, o que tiver de acontecer, acontecerá. Não vou procurar mais a felicidade, mas também não vou esperar que ela me bata à porta.

1 comentário:

Mafalda disse...

E entã o que resta se não procuras e não vais esperar? Viver, não é?