sábado, 26 de fevereiro de 2011

não vou dizer nada


FICA AQUI A TRADUÇÃO, PARA QUEM NÃO PERCEBE ESPANHOL!

Já sei que você não virá
Tudo o que aconteceu
O tempo deixou para trás
Sei que você não voltará
O que nos passou
Não se repetirá jamais

Mil anos não me bastarão
Para te apagar e esquecer

E agora estou aqui
Querendo transformar
Os campos em cidades
Misturando a terra com o mar
Sei que te deixei escapar
Sei que te perdi
E nada mais vai ser igual

Mil anos podem bastar
Para que você possa perdoar

Estou aqui te querendo
Me afogando
Entre fotos e cadernos
Entre coisas e lembranças
Que não posso compreender

Estou enlouquecendo
Trocando o pé pela minha cara
Essa noite pelo dia
Que nada posso fazer

As cartas que escrevi
Nunca as enviei
Você não quer saber de mim
Não posso entender
A tonta que fui
É questão de tempo e fé

Mil anos com outros mil mais
São suficientes para amar

Estou aqui te querendo
Me afogando
Entre fotos e cadernos
Entre coisas e lembranças
Que não posso compreender

Estou enlouquecendo
Trocando o pé pela minha cara
Essa noite pelo dia
Que nada posso fazer

Se você ainda pensa um pouco em mim
Sabe que eu continuo te esperando

Estou aqui te querendo
Me afogando
Entre fotos e cadernos
Entre coisas e lembranças
Que não posso compreender

Estou enlouquecendo
Trocando o pé pela minha cara
Essa noite pelo dia
Que nada posso fazer

4 comentários:

ana cristina disse...

essa musica é linda! adoro-a :)

ana cristina disse...

será que ainda vou a tempo de te dizer a musica que tinha no meu blog?

béc's. disse...

a letra desta música diz tudo*

Mafalda disse...

Onde andas querida?:(